Os melhores óleos naturais para uma pele macia e linda.



Bastam pouquíssimas gotinhas para ter benefícios incríveis!

Já falamos que você deve dar uma chance aos óleos faciais e voltamos pra reforçar que, sim, vale a pena repensar a ideia de que eles são inimigos da nossa pele.

Pelo contrário: trazem benesses que, talvez, nunca tenha imaginado.

Mas, para usufruir da melhor forma e ter uma boa experiência, a qualidade do produto importa e muito, ok?

Portanto, confie apenas em versões 100% vegetais, que não obstruem os poros como os óleos minerais, por exemplo.

E claro: sempre teste o cosmético antes de passar no rosto inteiro – assim, você consegue observar como a pele se comporta.

Vamos aos benefícios de oito deles:

Óleo de argan

Conhecido como ouro líquido, o óleo de argan é extraído da árvore argania spinosa, encontrada no Marrocos, e é rico em vitamina E e ácidos graxos ômega 3.

Além de condicionar os cabelos, é tiro e queda para hidratar peles secas (inclusive aquelas com eczemas), oleosas e acneicas, uma vez que não é comedogênico e não entope os poros.

Também tem ação antioxidante e ajuda a prevenir os sinais da idade.

Óleo de coco

óleo de coco cativa uma legião de fiéis que não só adoram usá-lo no rosto, como no corpo inteiro!

É indicado para todos os tipos de pele, inclusive as sensíveis e pode ser usado como antirrugas, hidratante para lábios e calcanhares ressecados e até demaquilante, já que remove a maquiagem sem irritar.

Óleo de jojoba

Como já comentamos em Os benefícios do óleo de jojoba para pele e cabelos, o óleo de jojoba é composto por 96% de ceramida, além de ácido mirístico e vitaminas A, B1, B2 e E.


Toda essa composição o torna um bom aliado para adiar os sinais da idade, reter a umidade da pele e mantê-la hidratada, além de, assim como o óleo de coco, tirar o make sem causar reações na cútis.

Óleo de abacate

Com ácidos graxos e vitamina E, o óleo de abacate é excelente para acalmar e manter a pele hidratada.

Também possui propriedades anti-inflamatórias que beneficiam peles oleosas e é anti-idade, prevenindo sinais de envelhecimento e manchas.

Outro ponto positivo é o combate a estrias, já que estimula a síntese de colágeno no organismo.

Óleo de amêndoas

Existem dois tipos de amêndoa: a doce e a amarga. Quando o uso é cosmético, considere a primeira, combinado?

óleo de amêndoas doce é sinônimo de pele macia e, de quebra, melhora sua elasticidade, evitando a aparição das temidas estrias.

Também ajuda a atenuar olheiras – uau!

Óleo de rosa mosqueta

óleo de rosa mosqueta, feito a partir da planta de origem Oriental, é conhecido por suas propriedades curativas, auxiliando no processo de cicatrização da pele e reparando até mesmo cortes, queimaduras e marcas causadas pela acne.

Rico em vitaminas essenciais, antioxidantes e ácidos graxos, é uma boa opção de cosmético anti-idade, pois penetra nas camadas mais profundas da cútis.

Óleo de marula

O óleo de marula é extraído das sementes das árvores de Marula do sul da África e de Madagascar e tem, aproximadamente, 60% mais antioxidantes que o de argan.

De rápida absorção, hidrata enquanto combate os radicais livres e é benéfico para todos os tipos de pele.

Óleo de calêndula

A calêndula é uma planta anti-inflamatória e o seu óleo é bastante “gentil” com a pele.

Suas propriedades curativas e calmantes impedem a formação de cicatrizes e ajudam a aliviar as varizes.



Comentar

two × three =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.